Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Barril do Texas fecha em queda

Nova York, 15 dez (EFE).- O Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) para entrega em janeiro fechou nesta quinta-feira em baixa de 1,13%, cotado a US$ 93,87 por barril, novamente influenciado pelo pessimismo sobre a crise de dívida na zona do euro.

Ao término do pregão na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos de futuros do WTI caíram US$ 1,08 em relação ao preço de fechamento de quarta-feira.

O barril do Texas diminuiu assim o ritmo de queda, já que na quarta-feira despencou 5,18% e fechou negociado a US$ 94,95 por barril, nível mais baixo em um mês e meio, depois que a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) decidiu aumentar seu nível de produção pela primeira vez em mais de três anos.

A cotação do WTI se viu pressionada para baixo novamente diante dos avanços que o dólar registrava frente a moedas como o euro, devido ao persistente pessimismo dos investidores perante a crise da dívida na zona do euro e o temor de que a ajuda financeira para reduzir o problema tenha de vir de países de fora da União Europeia (UE).

Os contratos de gasolina com vencimento em janeiro caíram US$ 0,02 e terminaram o pregão cotados a US$ 2,48 por galão (3,78 litros), enquanto os de gasóleo para calefação com entrega no mesmo mês permaneceram estáveis, encerrando aos US$ 2,82 por galão.

Já os contratos de gás natural para entrega também em janeiro fecharam em baixa de US$ 0,01, negociados a US$ 3,12 por cada mil pés cúbicos. EFE