Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Barril do Texas fecha em alta

Por Da Redação - 19 jun 2012, 16h48

Nova York, 19 jun (EFE).- O Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) para entrega em julho fechou nesta terça-feira em alta de 0,9%, cotado a US$ 84,03 por barril, influenciado pelas esperanças dos mercados de que o Federal Reserve (Fed, banco central americano) anuncie nesta quinta-feira novas medidas de estímulo monetário.

Ao término do pregão na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos de futuros do WTI subiram US$ 0,76 em relação ao preço de fechamento de segunda-feira.

Os mercados estão atentos à reunião sobre política monetária iniciada nesta terça-feira pelo Fed, que será concluída na quarta com o discurso de seu presidente, Ben Bernanke. São esperadas medidas expansivas, como a prorrogação da ‘Operação Twist’.

Essas esperanças impulsionaram a cotação do barril do Texas, apesar da divulgação de dados mistos sobre a construção de imóveis nos Estados Unidos, que caiu 4,8% em maio, embora as permissões de obras tenham aumentado 7,9%, segundo o Departamento de Comércio americano.

Publicidade

Enquanto isso, na Europa, avançavam em bom ritmo as negociações para formar um governo tripartite na Grécia após as eleições de domingo. A UE e o FMI esperam assinar com o governo grego um novo memorando de entendimento sobre o segundo pacote de resgate financeiro, que poderia incluir certa flexibilidade nos detalhes das ajustes e das reformas.

Os contratos de gasolina com vencimento em julho caíram US$ 0,02 e fecharam cotados a US$ 2,64 por galão (3,78 litros), enquanto os de gasóleo para calefação também para julho encerraram em alta de US$ 0,02, valendo US$ 2,63 por galão.

Já os contratos de gás natural com vencimento em julho caíram US$ 0,09 e terminaram o pregão negociados a US$ 2,54 por cada mil pés cúbicos. EFE

Publicidade