Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Barril de petróleo atinge maior valor desde julho de 2008

Rumores sobre explosão de gasoduto na Arábia Saudita faz preço do Brent subir 5,74 e atingir 128,4 dólares; Riad nega acidente

O preço do barril de petróleo Brent subiu 5,74 dólares e chegou a 128,4 dólares após rumores de que um gasoduto explodiu na Arábia Saudita, de acordo com o jornal britânico Financial Times. É o maior valor desde julho de 2008, quando o petróleo alcançou 147,5 dólares o barril, o maior valor da história. O governo saudita nega a explosão.

Com o aumento da demanda global e a perspectiva de menores estoques no Irã, o petróleo teve alta de 17% desde o começo do ano. Às 10h30, o barril era comercializado a 124,90 dólares.

O Irã é o maior concorrente da Arábia Saudita na exportação da commodity e, segundo o FT, a notícia da explosão do gasoduto foi divulgada em sites como o PressTV, canal de notícias em inglês baseado em Teerã. Um funcionário da indústria saudita disse que a informação era “completamente falsa” e tinha o intuito de mexer com os mercados de petróleo.

O Irã advertiu a Arábia Saudita várias vezes nos últimos dois meses a não aumentar sua produção de petróleo para compensar o impacto das sanções americanas e europeias sobre as exportações iranianas. Mas, segundo o governo dos EUA, Riad aumentou em 600 mil barris ao dia, para 9,7 milhões, sua produção este ano em relação a 2011.

A alta é vista como uma guerra econômica pelo Irã, que é o terceiro maior exportador mundial de petróleo. A Arábia Saudita é o primeiro. “No mercado de petróleo, eles são concorrentes, e no contexto de crise nuclear do Irã, rivais regionais”, disse Michael Wittner, analista de petróleo do Société Générale, ao jornal.