Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Bandeira Elo emite 250 mil cartões em três meses

Empresa diz que o resultado foi obtido sem que tenha havido um esforço de venda por parte dos bancos

Por Da Redação 29 set 2011, 18h32

Em cerca de três meses, foram emitidos 250 mil cartões de crédito e débito da Elo, bandeira nacional criada pelo Bradesco e Banco do Brasil. A partir de 2012, a Elo começa a emitir também cartões de benefícios (alimentação e refeição), segundo o presidente da companhia, Jair Scalco.

Os 250 mil cartões foram emitidos entre abril e junho. “Foi uma venda que veio só pela demanda. Não houve um esforço de venda dos bancos ainda”, disse o executivo em entrevista à imprensa. É o primeiro dado oficial de cartões emitidos que a bandeira divulga.

Criada em 2010, os cartões da Elo começaram a chegar ao mercado no início de abril. No final do ano passado, a Caixa Econômica Federal também entrou na sociedade e é o terceiro banco a emitir os cartões. “O próximo passo é fazer uma campanha comercial sobre a bandeira”, disse Scalco, destacando que, em algumas agências dos bancos emissores, o cartão ainda nem é oferecido.

A Elo só emite até agora cartões de crédito, débito e múltiplos (com as duas funções). A partir de 2012 começa a emitir cartões de benefícios e plásticos pré-pagos. Estes últimos são cartões recarregáveis que podem ser dados como pagamentos, por exemplos, para diaristas, trabalhadores em obras e até como mesada para os filhos.

A bandeira Elo é aceita atualmente em 1,2 milhão de estabelecimentos comerciais, todos credenciados pela Cielo. Segundo Scalco, “proximamente” a bandeira vai trabalhar com outros credenciadores. “Já tivemos transações em todos os estados do país”, disse ele.

Segundo ele, a bandeira nasceu para aproveitar oportunidades no mercado brasileiro, que tem apresentado crescimento do emprego, da renda e mudança de hábitos de consumo da população. No exterior, países como Índia, China, Coreia do Sul e Japão criaram bandeiras nacionais.

No futuro, a bandeira tem plano de lançar um produto de aceitação internacional. Scalco encerrou o primeiro dia do 6º CMEP – Congresso de Meios Eletrônicos de Pagamento.

(com Agência Estado)

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)