Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Banco Mundial articula empréstimo para Itaú Unibanco

Dinheiro será usado para crédito de projetos de energia renovável no país

A Corporação Financeira Internacional (IFC, na sigla em inglês), braço financeiro do Banco Mundial, articula um empréstimo de aproximadamente 300 milhões de dólares para o Itaú Unibanco, de acordo com um documento da instituição. O dinheiro deve ser usado pelo banco brasileiro para dar crédito a projetos de energia renovável ou que melhorem a eficiência energética nas empresas.

Leia também:

Eólicas têm 88% de projetos inscritos para leilão de energia

O empréstimo do IFC será feito em três “parcelas”. A primeira, chamada será um aporte direto de até 100 milhões de dólares pelo próprio braço do Banco Mundial. Além disso, haverá uma segunda e um empréstimo paralelo, que, somados, devem ser de 200 milhões de dólares. Nessas duas últimas operações, o IFC vai articular a captação de recursos com bancos internacionais e outras instituições financeiras e investidores.

Leia ainda: Cade aprova unificação de negócios de crédito consignado do Itaú com BMG

O Itaú tomou no ano passado 470 milhões de dólares em um empréstimo semelhante no IFC para dar crédito a pequenas e médias empresas controladas por mulheres. No mês passado, o IFC articulava uma captação para o Santander com o mesmo propósito, de 352 milhões de dólares. Em 2012, foi o Itaú BBA que tomou 340 milhões de dólares em uma operação no IFC para financiar empresas no Norte e Nordeste do Brasil.

(Com Estadão Conteúdo)