Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Banco da Espanha vê risco de não cumprimento da meta de déficit para 2012

Ao fazer afirmação, presidente do banco central colocou em dúvida as previsões de evolução do Produto Interno Bruto do governo para 2013

Por Da Redação 4 out 2012, 11h36

O presidente do Banco da Espanha, Luis María Linde, afirmou nesta quinta-feira que existem “riscos de desvio do objetivo” de déficit espanhol para 2012, de 6,3% do PIB, colocando também em dúvida as previsões de evolução do Produto Interno Bruto do governo para 2013.

“A informação atualmente disponível, para (o déficit) o Estado central no final de agosto, indica que existem riscos de desvio do objetivo fixado para este ano, 2012”, declarou Linde no Parlamento espanhol, antes de afirmar que “a previsão (do governo) de uma queda de 0,5% do PIB em 2013 é certamente otimista”.

Regiões – Nesta terça-feira, os presidentes autônomos espanhóis se comprometeram a cumprir os objetivos de déficit fixados para as regiões, embora alguns tenham discordado com a distribuição prevista entre as administrações para esse cumprimento. O compromisso ficou evidente nos primeiros discursos dos chefes de governo regionais, que tomaram a palavra após a declaração do presidente do Executivo, Mariano Rajoy, na cúpula regional realizada para criar uma frente comum perante a crise.

Leia também:

Presidente catalão critica divisão de metas de déficit

Espanha apresenta plano para orçamento de 2013

Espanha está à beira do resgate e Europa diz estar pronta para ajudar

(com Agence France-Presse)

Continua após a publicidade

Publicidade