Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Bactéria interdita setor de fatiamento de frios do Zaffari no RS

Segundo o Zaffari, a bactéria foi encontrada em apenas um centro de fatiamento, que está interditado

Um setor de fatiamento de frios do supermercado Zaffari, em Porto Alegre (RS), foi interditado após análises conduzidas pelas secretarias municipal e estadual de Saúde detectarem a contaminação de um lote de queijo pela bactéria Listeria monocytogenes. Em nota divulgada na noite de ontem, as duas secretarias alertam a população, especialmente gestantes e imunodeprimidos, a não consumir produtos já adquiridos do setor de fatiados da marca Zaffari.

“Foi encontrada a bactéria Listeria monocytogenes que pode causar danos à saúde individual e coletiva”, informam as secretarias, sem mencionar em qual produto a bactéria foi identificada.

Segundo as secretarias, os produtos foram retirados de comercialização e “os centros de fatiamento da marca foram interditados pela própria empresa até que se resolva a situação”.

 

Inicialmente, a interdição atingiu as unidades do Zaffari localizadas nos hipermercados Bourbon Ipiranga e Bourbon Assis Brasil, ambos em Porto Alegre. O Zaffari informou hoje que a unidade de fatiamento de frios do Bourbon Assis Brasil já foi liberada pelo órgão fiscalizador para retomar as suas atividades de processamento e de distribuição para todas as lojas.

Segundo o Zaffari, a bactéria foi encontrada apenas em um único lote de queijo de uma única loja, a do Bourbon Ipiranga. “Todos os laudos atestaram condições satisfatórias à exceção de um laudo, de um lote de queijo fracionado, na unidade do hipermercado Bourbon Ipiranga, para venda na própria loja.”

Segundo a rede, o centro de fatiamento de frios onde a bactéria foi encontrada continuará com as atividades suspensas até que “sejam feitas novas verificações e ocorra a devida liberação sanitária”. “Por precaução, esta unidade só comercializará produtos fatiados pré-embalados, processados fora da unidade.”

Em nota, o Zaffari nega que seus produtos estejam impróprios para consumo humano, apesar de as secretarias sugerirem que os alimentos sejam descartados. “A empresa reforça que todos os produtos fatiados disponíveis na rede estão liberados para consumo.”

Segundo o site do jornal Zero Hora, o Zaffari vai ressarcir os clientes que compraram fatiados da loja Bourbon Ipiranga. Basta levar o produto, não precisa apresentar nota fiscal.