Clique e assine com 88% de desconto

Avião é evacuado nos EUA após novo incêndio em celular da Samsung

Empresa realizou amplo recall para trocar aparelhos, mas novo caso teria ocorrido com smartphone já substituído

Por Da redação - 6 out 2016, 16h22

Um avião americano foi evacuado antes da decolagem depois que o celular Galaxy Note 7, da Samsung, de um passageiro pegou fogo, em episódio que envolve a companhia de eletrônicos sul-coreana em uma nova controvérsia. Aparentemente, o aparelho já havia sido substituído no amplo recall realizado pela empresa.

Leia também:
Após celular, máquina de lavar da Samsung é suspeita de explodir
Fumaça em celular da Samsung assusta passageiros de voo na Índia

Nesta quarta-feira, um voo da Southwest Airlines que partiu de Louisville, no Estado de Kentucky, foi evacuado depois que o smartphone Samsung de um passageiro começou a soltar fumaça. O dono do aparelho, Brian Green, declarou ao site de notícias tecnológicas The Verge que o telefone havia sido substituído e que o recebeu em 21 de setembro. Green mostrou a imagem da caixa, que indicava que havia sido substituído.

A Samsung está realizando a convocação para recall de 2,5 milhões de unidades do Galaxy Note 7 devido a relatos de explosão de baterias, um problema que acreditava-se que seria resolvido com a substituição dos telefones. Cerca de 60% dos consumidores americanos trocaram seus aparelhos pelos substitutos no fim do mês passado.

O The Verge indicou que Green havia desligado o telefone no momento da decolagem. Posteriormente, o jornal The New York Times confirmou a informação com testemunhas.

Publicidade

Os danos sofridos pelo dispositivo eram de tal magnitude que um responsável do corpo de bombeiros não pôde verificar de forma independente o modelo do telefone, segundo a ABC News. “Enquanto não tivermos recuperado o dispositivo, não poderemos confirmar se o incidente ocorreu com um novo Note”, disse a Samsung em um comunicado.

(Com AFP)

Publicidade