Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Avianca-Taca fará parte da Star Alliance

Avianca Brasil – que não faz parte do grupo, apesar de pertencer aos mesmos donos – não integrará a aliança por enquanto

“Por no mínimo um ano a Avianca Brasil deve continuar com o Programa Amigo, o atual programa de fidelidade da empresa”, afirma Jose Efromovich, presidente da empresa

A Avianca-Taca anunciará na quinta-feira, oficialmente, sua entrada no programa internacional Star Alliance em evento em Bogotá. A afirmação foi feita nesta quarta-feira pelo presidente da Avianca Brasil, Jose Efromovich.

A Avianca Brasil – que não faz parte do grupo Avianca-Taca, apesar de pertencer aos mesmos donos – por enquanto não fará parte da Star Alliance por uma questão de tecnologia. “Por no mínimo um ano a Avianca Brasil deve continuar com o Programa Amigo, o atual programa de fidelidade da empresa”, afirmou Efromovich. O executivo disse, no entanto, que ainda não está decido se futuramente a Avianca Brasil entrará na Star Alliance.

Leia mais:

Avianca eleva em 8% investimento até 2016

LAN e TAM – Efromovich declarou também que a Avianca-Taca foi convidada a fazer parte da Star Alliance no ano passado. Segundo ele, a decisão de aceitar o convite indica que a Latam – fusão entre a TAM e a LAN – deve ficar no programa OneWord. A LAN faz parte hoje da OneWorld, ao passo que a TAM está listada na Star Alliance. Por decisão dos órgãos governamentais chileno e brasileiro, a Latam tem de impreterivelmente escolher apenas um programa de fidelidade.

Assentos – A Avianca espera atingir neste ano 6 bilhões de assentos por quilômetro oferecidos (ASK), ante os 3,7 bilhões registrados em 2011. O ASK é obtido pela multiplicação da quantidade de assentos oferecidos pela quantidade de quilômetros voados.

Segundo o presidente da Avianca Brasil, Jose Efromovich, a área de carga da empresa também deve apresentar forte crescimento em 2012. No ano passado, o faturamento dessa unidade de negócios foi de 21 milhões de reais e deve chegar a 40 milhões de reais ao final de 2012.

Sobre o programa de fidelidade da empresa (Amigo), o executivo disse que deve chegar a 2 milhões de participantes neste ano, ante o 1,160 milhão de participantes em dezembro. Em maio, esse número estava em 1,370 milhão de participantes.

O executivo reafirmou que a expectativa da empresa é transportar 5,2 milhões de passageiros em 2012. No ano passado, foram 3,3 milhões.

(Com Agência Estado)