Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Aumento do teto da dívida nos EUA não tem que ser crise–Geithner

WASHINGTON/BALTIMORE, Estados Unidos, 17 Mai (Reuters) – O secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Timothy Geithner, afirmou nesta quinta-feira que elevar o teto da dívida não tem que ser uma crise, como foi no ano passado, quando uma disputa partidária sobre como fazer isso levou os EUA à beira do default.

Falando em um evento em Baltimore, Maryland, Geithner reiterou que os EUA esperam alcançar o limite de dívida de 16,4 trilhões de dólares antes do final do ano.

O secretário ainda afirmou que a crise da dívida na Europa, os preços mais altos do petróleo, os cortes orçamentários e os aumentos nos impostos apresentam riscos à economia dos EUA, mas que o país deve superá-los.

“Enfrentamos alguns desafios bastante difíceis. Mas eles são gerenciáveis para os EUA”, disse ele.

Após a eleição presidencial de novembro deste ano, a administração Obama e o Congresso terão menos de dois meses para tomar decisões cruciais sobre os impostos e o orçamento, e que podem atrapalhar a recuperação econômica norte-americana.

(Reportagem de Rachelle Younglai)