Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Aumento de IR não passa na Câmara, diz Rodrigo Maia

Temer e Meirelles admitiram hoje a existência de estudos sobre a elevação do IR de pessoas físicas

Por Da redação Atualizado em 8 ago 2017, 18h53 - Publicado em 8 ago 2017, 18h22

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), foi enfático nesta terça-feira ao rechaçar a possibilidade de um aumento de imposto de renda contar com o apoio dos deputados. O presidente Michel Temer e o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, admitiram hoje a existência de estudos sobre o Imposto de Renda.

“Se tiver que passar pela Câmara, não passa”, disse Maia. Mais cedo,  ele afirmou que era preciso ter clareza de que “o Brasil não aguenta pagar mais impostos”.

Temer admitiu que o governo estuda uma elevação do imposto de renda, mas disse que ainda não há definição sobre isso. Já Meirelles afirmou que o aumento é uma das hipóteses em estudo pela equipe econômica para costurar o Orçamento de 2018. O governo tem até o dia 31 de agosto para apresentar a proposta de receitas e despesas do ano que vem ao Congresso e até essa data uma solução será anunciada.

Notícia publicada no jornal O Estado de S. Paulo nesta terça-feira relata que a equipe econômica considera a criação de uma alíquota de IR de 30% ou 35% para quem ganha acima de 20.000 reais, além da tributação de lucros e dividendos, entre outras medidas, com o objetivo de aumentar a receita em 2018.

O governo enfrenta sérias dificuldades para equilibrar as contas públicas e há uma forte expectativa de que terá de alterar a meta fiscal deste ano, para poder ter um déficit primário maior dos que os 139 bilhões de reais previstos.

Em seu discurso, Maia reafirmou o apoio à reforma da Previdência, dizendo que é o coração de todas as reformas. Reconhecendo as dificuldades de aprovar essa reforma, o presidente da Câmara disse que é preciso enfrentar o “discurso fácil” do populismo.

(Com Reuters)

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)