Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Audi se desculpa por anúncio que compara mulher a carro usado

Propaganda causou revolta na China e em outros países

A montadora alemã Audi se desculpou, nesta quinta-feira, por um anúncio lançado na China em que se compara as mulheres a carros usados. A propagando causou revolta dentro e fora do país asiático.

Em vários mensagens do Twitter, a Audi pede desculpas pelo anúncio, após críticas dos usuários, e assegura que a propaganda “de nenhuma maneira reflete” os valores da montadora. A empresa também assegura que serão tomadas medidas para “prevenir incidentes” como estes no futuro.

O anúncio desapareceu de alguns dos portais chineses onde tinha sido publicado.

Na campanha – que, segundo a Audi, foi produzida pelo seu parceiro local na China – uma sogra com cara de reprovação vai até a noiva, no altar, e examina de forma agressiva o nariz, orelhas e dentes, para finalmente aprovar o casamento.

Porém, logo em seguida, a sogra, com ar de surpresa, foca nos seios da noiva. A imagem corta e aparece um Audi vermelho com o locutor afirmando que: “Uma decisão importante deve ser feita com muito cuidado”.

O anúncio ofensivo foi retransmitido através da internet e em várias salas de cinema. O comercial sofreu enormes críticas tanto dentro como fora do país: enquanto alguns internautas classificaram de “repugnante” e “lixo machista”, outros inclusive ameaçaram boicotar a montadora alemã.

(Com EFE)