Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês

Argentina YPF perde caso sobre interrupção de exportação de gás ao Brasil

Os problemas com o Brasil começaram em 2004, enquanto a petrolífera ainda pertenciam ao grupo espanhol Repsol. Agora a empresa está sob a tutela do governo argentino

Por Da Redação 27 Maio 2013, 15h18

A estatal de energia da Argentina, a YPF, perdeu um caso de arbitragem internacional bilionário por ter suspendido as exportações de gás natural para o Brasil, disse a empresa nesta segunda-feira em um comunicado à bolsa de Buenos Aires. A YPF suspendeu as exportações de gás para o Brasil e o Chile em 2004, quando a produção do combustível começou a cair. Na época dos problemas, a YPF ainda era controlada pela espanhola Repsol. Em 2012, ela foi expropriada pelo governo argentino.

Em 2009, a YPF rescindiu os contratos com a AES Uruguaiana (AESU) e com a operadora de gasoduto Transportadora de Gas del Mercosur (TGM). A usina térmica de Uruguaiana, que desde 2009 estava desligada, voltou a operar em fevereiro para ajudar no fornecimento de energia do Brasil.

A Câmara de Comércio Internacional, um painel de arbitragem com sede em Paris (França), decidiu em favor das empresas, que haviam entrado com uma ação contra a YPF, juntamente com a Companhia de Gás do Estado do Rio Grande do Sul (Sulgás), pedindo cerca de 1,4 bilhão de euros em indenizações, disse uma fonte da indústria – o valor ainda não foi confirmado. “Esta decisão é somente sobre a responsabilidade das partes, deixando de fora a determinação dos danos que poderiam existir e que podem ser objeto de um novo processo de arbitragem perante o mesmo tribunal”, disse a empresa em um comunicado à bolsa.

Leia mais:

YPF eleva preço de combustíveis antes do congelamento

YPF assina memorando de entendimento com Chevron

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)