Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

ArcelorMittal teve prejuízo de US$ 193 milhões entre julho e setembro

A maior produtora de aço do mundo registrou o quinto prejuízo trimestral consecutivo. Seu Ebitda, por outro lado, superou as expectativas

Por Da Redação 7 nov 2013, 11h38

A ArcelorMittal, maior grupo produtor de aço do mundo, registrou prejuízo de 193 milhões de dólares entre julho e setembro – o quinto trimestre consecutivo de resultado negativo.

Contudo, em termos de Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização), um dos indicadores da geração de caixa, somou 1,71 bilhão de dólares no terceiro trimestre, crescimento de 18,5% sobre um ano antes e marginalmente mais alto que o tradicionalmente forte segundo trimestre. Pesquisa com analistas apontavam uma expectativa de 1,56 bilhão de dólares para o Ebitda do período.

O resultado acima do esperado foi impulsionado pelo aumento nas vendas de minério de ferro e na redução de custos. Enquanto o volume de vendas de aço aumentou 2%, o de minério de ferro vendido a preços de mercado cresceu 20% no período.

“Apesar das condições operacionais continuarem desafiadoras, os indicadores econômicos estão melhorando e estamos cautelosamente otimistas sobre as perspectivas para 2014”, disse o presidente-executivo da ArcelorMittal, Lakshmi Mittal, em comunicado.

Leia mais:

Lucro da Vale no trimestre sobe 139% e alcança R$ 7,9 bi

Minério de ferro atinge maior preço em 4 meses

A empresa, que produz 6% a 7% do aço mundial e é duas vezes maior que sua principal rival. Ela prevê que o consumo global de aço deve subir cerca de 3,5% este ano. Anteriormente era esperada alta de 3%. A melhora da expectativa se deu com a China dando sinais de que pode acelerar suas compras do setor. Por outro lado, as previsões para o mercado americano não são das melhores: agora é esperado que o consumo de aço pelo país caia 1% ante previsão anterior de um crescimento de 1%.

(com agência Reuters)

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês