Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Apple pede auditoria das condições de trabalho de seus fornecedores finais

Redação Central, 13 fev (EFE).- A Apple anunciou que fez uma parceria com a associação trabalhista Fair Labor Association (FLA), que fará auditorias nos fornecedores finais de montagem da companhia, entre eles as fábricas chinesas da Foxconn, localizadas em Shenzhen e Chengdu.

A Foxconn é um dos maiores fornecedores da Apple e foi notícia em diferentes ocasiões pelo suicídio de vários de seus funcionários e pela explosão que em 2011 matou quatro empregados e feriu outros dezoito numa de suas fábricas.

Em nota publicada nesta segunda-feira, a Apple anuncia que uma equipe de especialistas em direito do trabalho liderados pelo presidente da FLA, Auret van Heerden, iniciaram nesta manhã as primeiras inspeções na fábrica de Shenzhen, conhecida como Foxconn City. As primeiras conclusões sobre a visita serão divulgadas em março.

A companhia publicou no início de janeiro seu relatório anual sobre as condições trabalhistas de seus fornecedores, que revelava que só 38% deles cumpriram a norma que determina que os empregados só devem trabalhar 60 horas semanais. Além disso, 108 das fábricas não pagaram horas extras.

A Apple anunciou na ocasião que interrompeu o contrato com um dos seus fornecedores devido às contínuas violações das normas estabelecidas pela companhia.

Na nota, o executivo-chefe da Apple, Tim Cook, afirma que ‘as inspeções em curso não têm precedentes na indústria eletrônica, tanto por sua escala como por seu alcance, e apreciamos que a FLA tenha concordado em adotar uma medida incomum, identificar as fábricas em seus relatórios’.

‘Achamos que os trabalhadores de todo o mundo têm direito a um ambiente de trabalho seguro e justo, e por isso pedimos à FLA que avalie de maneira independente o comportamento de nossos principais fornecedores’, afirma Cook.

A avaliação reunirá dados sobre as condições de trabalho e vida de milhares de funcionários, incluindo dados sobre saúde, segurança, remuneração, horas de trabalho e relações com os chefes.

Apple afirma que seus fornecedores se comprometeram a cooperar com a FLA. A companhia é a primeira empresa tecnológica a ser admitida na associação trabalhista.

Após a inspeção da Foxconn, a FLA realizará vistorias nas fábricas de Quanta e Pegaton, e com isso terá finalizado as auditoria em 90% dos fornecedores finais de montagem da Apple. EFE