Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Após fortes quedas na 4ª, bolsas americanas abrem em alta

Dados otimistas sobre o emprego nos Estados Unidos fizeram investidores voltarem à ao mercado de ações

As bolsas americanas abriram em alta nesta quinta-feira, em um movimento que sucede quedas de mais de 4% registradas no dia anterior. Às 11h20, o índice Dow Jones acumulava ganhos de 1,8%, o Nasdaq avançava 2,2% e o S&P 500 subia 1,93%. O inesperado otimismo dos investidores estrangeiros consolidou-se nesta manhã mesmo com as quedas registradas nas bolsas europeias e asiáticas – motivado, principalmente, pelos dados divulgados pelo Departamento de Trabalho dos Estados Unidos, que apontavam para a queda dos pedidos de seguro desemprego. Analistas esperavam que houvesse um aumento no índice.

As altas registradas nos Estados Unidos fizeram até mesmo com que as bolsas europeias revertessem sua queda e voltassem a subir. O índice FTSE 100, da Bolsa de Londres, operava em alta de 0,63%, enquanto o DAX 30, da Bolsa de Frankfurt, avançava 0,77%. Já a Bolsa de Milão se mantinha estável em 0,07%. Até mesmo o CAC 40, da Bolsa de Paris, que chegou a recuar mais de 3% ao longo do pregão, operava em alta de 0,6% após a abertura do mercado americano. No Brasil, a BM&FBovespa também apresentava números positivos. O Ibovespa avançava 1,44% na manhã desta quinta-feira – puxado por altas da Braskem e da B2W.