Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Apesar da alta atual, AEB vê retorno do dólar a R$ 1,80

Por Mariana Durão

Rio – O dólar deve retornar ao patamar de R$ 1,80, estima o presidente da Associação de Comércio Exterior do Brasil (AEB), José Augusto de Castro, sem definir um prazo de retorno a esse nível. “A taxa de equilíbrio seria de R$ 2,20. A gente gostaria muito que chegasse lá e parasse por aí”, disse na segunda-feira Castro, que participa do XXIV Fórum Nacional, no Rio de Janeiro.

Segundo ele, ainda não é possível mensurar os impactos da recente alta do dólar, que está na faixa de R$ 2. “As empresas ainda estão avaliando as possibilidades”, afirmou.

Castro destacou que o câmbio é apenas um dos componentes para a competitividade dos produtos brasileiros. “Se tivéssemos infraestrutura, logística e melhores tributos, por exemplo, ninguém estaria tão preocupado com o câmbio”, observou.

Ele avalia que os balanços das empresas no segundo trimestre devem sentir mais impacto da queda de preços de commodities do que do câmbio.