Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Apartamento em Londres é vendido por US$ 237 milhões, recorde do país

O superapartamento, de 1.500 metros quadrados, foi arrematado por um comprador do Leste Europeu

Por Da Redação 2 Maio 2014, 11h25

O aquecido mercado imobiliário londrino estabeleceu um novo recorde com a venda de um apartamento por 140 milhões de libras (237 milhões de dólares ou 528 milhões de reais), mas até a incorporadora do opulento edifício alertou que alguns preços praticados na Grã-Bretanha são insustentáveis.

Uma fonte familiarizada com a transação disse que o comprador do superapartamento (uma cobertura de quase 1.500 metros quadrados) é um comprador do Leste Europeu. O imóvel fica no One Hyde Park Residencial, em frente ao Hyde Park, o coração do distrito de Knightsbridge e uma das áreas mais nobres e caras de Londres.

O recorde imobiliário anterior era do mesmo prédio, estabelecido há três anos, quando o bilionário ucraniano Rinat Akhmetov pagou 136 milhões de libras (quase 230 milhões de dólares ou 513 milhões de reais) por uma cobertura e um apartamento anexo, que seriam unidos.

Leia mais:

Por dentro das fábricas dos melhores relógios do mundo

Hotel aluga avião de luxo para vender pacotes por US$ 120 mil

Continua após a publicidade

Shopping Iguatemi tem o 14º aluguel mais caro do mundo

Apartamento de um quarto está à venda por R$ 19 milhões em Londres; confira fotos

Graças à riqueza de oligarcas russos, magnatas chineses e xeiques árabes, Londres tornou-se um dos mercados mais caros da Terra. O problema é que com a escalada de preços com a procura dos endinheirados, teme-se que a população local fique sem condições de adquirir imóveis, o que poderia ter implicações políticas na eleição parlamentar de 2015.

“Estamos com preços explosivos, mais caros do que jamais estiveram na história da humanidade”, disse Nick Candy, um dos incorporadores do edifício de luxo Ony Hyde Park, na área residencial mais valorizada da capital.

“Há uma preocupação com o superaquecimento do mercado. Todos acham que o centro principal de Londres está indo bem, então o efeito-onda se espalha por todo o Reino Unido, e alguns dos preços que estão sendo alcançados não são provavelmente realistas e, mais, são insustentáveis. Mesmo assim o dinheiro ainda está entrando.”

Mundo – Esta sendo construído no principado de Mônaco o edifício cujo metro quadrado é o mais caro do mundo. Para aquirir um dos 70 apartamentos de 1.200 metros quadrados cada o interessado precisará desembolsar em torno de 256 milhões de libras (cerca de 788 milhões de reais). O prédio deve ficar pronto em julho deste ano.

(com agência Reuters)

Continua após a publicidade

Publicidade