Clique e assine a partir de 8,90/mês

Ao menos 500 milhões de contas foram invadidas em 2014, diz Yahoo

Sem dar maiores detalhes, empresa disse roubo de dados de usuários foi obra de um "agente patrocinado por um Estado"

Por Da redação - Atualizado em 22 set 2016, 18h25 - Publicado em 22 set 2016, 18h22

O Yahoo informou nesta quinta-feira que informações associadas a pelo menos 500 milhões de contas de usuários foram roubadas de sua rede em 2014. A empresa atribuiu o ato a um “agente patrocinado por um Estado”.

Os dados roubados podem ter incluído nomes, emails, números de telefone, datas de nascimento e senhas criptografadas, dados de cartões de pagamento ou informações de contas bancárias, segundo a companhia. O Yahoo disse que estava trabalhando com agentes da lei sobre o assunto.

Leia também:
A melancolia do mercado de petróleo no adeus ao Yahoo Messenger

Não ficou claro como essa revelação poderá afetar o plano do Yahoo de vender seu serviço de email ou outros ativos centrais da empresa para a Verizon Communications. A Verizon afirmou que foi notificada sobre o roubo há dois dias.

“Vamos avaliar conforme a investigação prossegue (…) Até lá, não estamos em condições de fazer mais comentários”, disse um representante da Verizon.

(Com Reuters)

Continua após a publicidade
Publicidade