Clique e assine com até 92% de desconto

Anúncio do Fed não tem grande impacto–Mantega

Por Da Redação 20 jun 2012, 15h39

RIO DE JANEIRO, 20 Jun (Reuters) – O ministro da Fazenda, Guido Mantega, minimizou a extensão do programa de venda de títulos de curto prazo para compra de bônus de longo prazo pelo Federal Reserve, banco central norte-americano, anunciada nesta tarde.

“É mais do mesmo, parecido com o ‘quantative easing’, dá um pouco mais de liquidez”, disse Mantega após encontro da presidente Dilma Rousseff com seu colega francês, François Hollande.

“É apenas um alívio temporário e ao meu ver não tem grande impacto, e não é um estímulo para a retomada do crescimento”, acrescentou.

O Fed anunciou nesta quarta-feira a extensão da Operação Twist, que visa reduzir os custos de empréstimos por meio da venda de títulos de curto prazo para a aquisição de bônus com vencimento maior.

No Rio de Janeiro, para participar da Rio+20, Mantega afirmou ainda achar que a projeção do banco Credit Suisse sobre o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) do país “é uma piada”.

As declarações foram uma reação à revisão feita pelo banco de redução de 2 por cento para 1,5 por cento na estimativa de expansão econômica do Brasil este ano.

“Acho que é uma piada. Vamos crescer muito mais”, afirmou Mantega.

(Reportagem de Rodrigo Viga Gaier; Texto de Frederico Rosas)

Continua após a publicidade
Publicidade