Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

ANP interditou plataforma com problema similar ao de Macondo

Por Da Redação 9 dez 2011, 11h42

RIO DE JANEIRO, 9 Dez (Reuters) – A ANP interditou no ano passado, durante inspeções para avaliar a segurança das plataformas operando no Brasil, uma unidade que apresentava o mesmo problema da instalação no campo de Macondo, no Golfo do México, que causou o maior vazamento de petróleo da história dos Estados Unidos, informou nesta sexta-feira a diretora da agência, Magda Chambriard.

Um defeito em uma peça chamada BOP (blow out preventer), um equipamento que fica na cabeça do poço e é responsável por fechá-lo no caso de explosão, foi o principal motivo do grande acidente na plataforma operada pela BP.

A ANP realizou várias interdições em unidades operando no Brasil após o acidente no Golfo.

Sobre a Chevron, Magda Chambriard disse que a ANP contabilizou 10 infrações nas atividades da companhia norte-americana no campo de Frade, onde vazou óleo em poço que estava sendo perfurado. Foram realizadas 3 autuações, além de multas do Ibama.(Reportagem de Sabrina Lorenzi; edição de Marcelo Teixeira)

Continua após a publicidade

Publicidade