Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Aneel ainda avalia intervenção na Celpa, diz diretor

Por Eduardo Rodrigues

Brasília – A abertura de processo administrativo de inadimplência contra a Celpa, distribuidora de energia elétrica do Pará, não afastou a possibilidade de intervenção a qualquer momento na companhia por parte da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Segundo o diretor da Aneel relator do processo, André Pepitone, a agência reguladora continuará monitorando a situação da empresa, que tem recorrentemente descumprido as metas de qualidade no fornecimento de energia no Estado, além de estar presa a um alto endividamento. “A Aneel continua avaliando a necessidade de intervenção”, disse Pepitone.

Na opinião do diretor, a única saída viável para a Celpa seria a obtenção de um aporte financeiro. “Um parceiro capitalista pode viabilizar os investimentos necessários para o alcance das metas de qualidade e para sanear as dívidas da companhia”, completou.

A Eletrobras possui quase 34% da Celpa, e poderia neste cenário aumentar sua participação no capital da companhia, controlada pelo grupo Rede Energia. “Mas essa hipótese depende de uma decisão política”, ressaltou Pepitone.

A Eletrobras já foi autorizada pelo governo a adquirir pelo menos 51% do capital da Celg, distribuidora que pertence ao Estado de Goiás e que também passa por dificuldades técnicas e financeiras. Solução semelhante vem sendo estudada para o socorro à CEA, do Estado do Amapá.