Clique e assine a partir de 8,90/mês

Anbima: Itaú BBA lidera em renda variável e BB, em fixa

Por Da Redação - 18 out 2011, 13h01

Por Altamiro Silva Júnior

São Paulo – O Itaú BBA e o BTG Pactual são os bancos de investimento mais ativos e lideram o ranking de emissões de ações por volume de operações originadas no acumulado de 2011, até setembro. Do volume captado por essas ofertas neste ano, o Itaú respondeu por 31,7% e o BTG, por 22,5%. O levantamento foi divulgado hoje pela Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima).

No ranking por número de ofertas de ações, o Itaú BBA mantém a liderança, com 17 ofertas, seguido pelo Credit Suisse, com 12. BTG e Bradesco BBI aparecem em terceiro lugar, cada um com nove ofertas, de acordo com a Anbima.

Renda fixa

Na renda fixa, o líder do ranking consolidado por originação de ofertas é o Banco do Brasil, seguido pelo Bradesco BBI. O BB respondeu por 23,3% dos volumes captados e o BBI, por 20,3%. Já no levantamento por número de ofertas que os bancos de investimento fizeram este ano até setembro, o Bradesco é o líder (66 operações), seguido pelo Itaú BBA (56). O BB aparece na terceira posição, com 43.

A crise na Europa reduziu o volume de emissões de empresas, tanto na renda fixa como na renda variável. Em setembro, não houve emissão de ações. Foi o segundo mês consecutivo que o mercado brasileiro não registra operações, segundo a Anbima. No ano, as emissões de ações somam R$ 17 bilhões.

As emissões de renda fixa somaram R$ 64 bilhões no ano, até setembro. Já considerando somente setembro, o volume de emissões alcançou R$ 2,1 bilhões no mês, uma queda brusca de 67% ante agosto. No caso da renda fixa, 86% das operações são feitas pela regra da oferta restrita, na qual as emissões são vendidas apenas a um pequeno grupo de grandes investidores.

Continua após a publicidade
Publicidade