Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Anac: tarifa doméstica média subiu 5,3% em outubro/2011

Por AE

São Paulo – A Tarifa Aérea Média Doméstica (indicador que representa o valor médio pago pelo passageiro por uma viagem aérea em território brasileiro) foi de R$ 302,33 em outubro de 2011. Em relação ao mesmo mês de 2010, o valor representa um aumento de 4,5%. Na comparação com setembro de 2011, a alta foi de 5,3%.

Na variação acumulada de janeiro a outubro de 2011, porém, houve queda de 3,6%. O valor da tarifa média de outubro de 2011 representou pouco mais da metade (54,6%) do que era pago pelo passageiro há nove anos, ou seja, ficou 45,4% menor do que a praticada em 2002.

O Yield Tarifa Aérea Doméstico (valor médio que o passageiro paga para voar 1 km em território nacional) de outubro de 2011 foi de R$ 0,3804. Quando comparado com outubro de 2002, observa-se que o passageiro pagou 39,2% (menos da metade) do valor que pagava há nove anos para voar 1 km.

Entretanto, o yield apresentou alta de 5,6% em relação ao mesmo mês de 2010 e de 3,2% em relação a setembro de 2011. De janeiro a outubro de 2011, o yield registrou alta acumulada de 0,5%.

Os valores foram apresentados pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e são calculados com base nos dados das tarifas aéreas domésticas comercializadas pelas empresas aéreas, mensalmente registradas na entidade, e são atualizados pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), índice oficial utilizado pelo governo brasileiro para medir a inflação, até o mês mais recente apresentado no Relatório de Tarifas Aéreas.