Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

AMD se desprende de setor industrial

Por Norbert Millauer 5 mar 2012, 09h04

O grupo californiano AMD finaliza o desprendimento de sua divisão industrial, para se concentrar apenas na concepção de microprocessadores, o que o obriga a destinar 703 milhões de dólares no primeiro trimestre.

A AMD, que havia finalizado suas atividades de produção de componentes eletrônicos em 2009 que realizava por meio da empresa GlobalFoundries, vendeu as últimas partes que ainda detentava nesta empresa, segundo um comunicado divulgado na madrugada desta segunda-feira.

Já a GlobalFoundries flexibilizou a obrigação assumida por sua ex-casa matriz de se prover exclusivamente nela de certos produtos durante um período determinado, segundo o comunicado da AMD. Em compensação, a AMD pagará 425 milhões de dólares em dinheiro e assinou um reconhecimento de dívida pelo saldo do montante previsto.

Segundo um porta-voz da AMD citado pelo Wall Street Journal, o grupo californiano fará com que uma parte de seus componentes de nova geração sejam fabricados pela Taiwan Semiconductor Manufacturing, uma das competidoras da GlobalFoundries.

Continua após a publicidade
Publicidade