Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Alemanha exclui quebra de mercados europeus em 2012

Por Sebastian Kahnert 25 dez 2011, 12h29

O ministro alemão das Finanças, Wolfgang Schauble, afirmou neste domingo, em entrevista, que os mercados financeiros europeus não sofrerão uma quebra em 2012 e que a situação é “controlável”.

“Penso que a situação é controlável. Na União Europeia há uma grande determinação entre seus membros para manter uma situação estável”, assegurou Schauble ao jornal Bild am Sonntag.

“Ainda haverá algumas supresas e agitações, mas estamos em posição de enfrentá-las. Aconselho um pouco mais de calma”, acrescentou.

O ministro, que desempenha um papel importante para tentar resolver a crise da dívida na Eurozona, se disse convencido de que os investidores recuperarão a confiança na zona do euro.

“A Europa é uma das regiões econômicas mais poderosas do mundo (…)”, reforçou o alto funcionário.

A zona do euro atravessa a mais grave crise de sua história. A chanceler alemã, Angela Merkel, chegou a afirmar, em novembro, que a Europa vivia suas horas mais difíceis desde o fim da Segunda Guerra Mundial.

Continua após a publicidade
Publicidade