Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Air France-KLM rejeita aumento de capital na Alitalia

Companhia italiana tem dívida de mais de 1 bilhão de euros

Por Da Redação 14 nov 2013, 19h39

A Air France-KLM, uma das maiores acionistas da Alitalia, disse que não participará do plano de recapitalização multimilionário para salvar a problemática companhia aérea italiana. A Alitalia deve 1,2 bilhão de euros e os acionistas da companhia aérea aprovaram unanimemente um aumento de capital de mais de 300 milhões de euros no mês passado em uma tentativa de livrar a empresa da falência.

Na quarta-feira, a companhia italiana anunciou que adiou o prazo final da subscrição para o aumento de capital para 27 de novembro, com o objetivo de dar aos acionistas, como a Air France-KLM, tempo de analisar o novo plano estratégico adotado pelo conselho.

O grupo franco-holandês, que possui 25% da Alitalia, anunciou nesta quinta-feira que não participará do aumento de capital. “Mesmo se o componente industrial do novo plano apresentado pela Alitalia for um passo na direção certa, e está recebendo todo o apoio da Air France-KLM, as medidas de reestruturação financeira necessárias ainda não foram cumpridas”, disse o grupo em um comunicado.

O ministro dos Transportes, Maurizio Lupi, agradeceu à Air France-KLM pela ajuda oferecida à Alitalia e disse que agora é possível “lançar a busca por outra companhia internacional interessada em uma grande parceria com a Alitalia”.

Em meados de outubro, o governo italiano havia dito que o plano para resgatar a Alitalia deveria envolver menos o dinheiro público e mais estratégias de longo prazo. A declaração veio após a recusa da Air France-KLM de se comprometer com a ajuda.

Continua após a publicidade

Leia também:

Governo italiano quer menos dinheiro público no resgate da Alitalia

Conselho da Alitalia aprova pacote de resgate de 500 mi de euros

Sem dinheiro, Alitalia poderá deixar de voar até sábado

(com Agência France-Presse)

Continua após a publicidade
Publicidade