Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

AIE alerta para encarecimento do petróleo em 2011

Por Da Redação 18 jan 2011, 09h19

O alto preço do petróleo “suscita inquietações sobre o impacto” que pode ter na recuperação econômica mundial, diz AIE

A Agência Internacional da Energia (AIE) revisou para cima nesta terça-feira suas previsões para a demanda e preço do petróleo em 2011. As causas para o aumento das projeções são a recuperação econômica dos países desenvolvidos e as baixas temperatura no hemisfério Norte. A AIE lembrou que o preço do barril de petróleo no início de janeiro alcançou os 100 dólares, o que pode afetar negativamente à recuperação econômica mundial.

Esse alto preço “suscita inquietações sobre o impacto” que pode ter na recuperação econômica mundial, indicou a agência. “O robusto crescimento na Ásia, especialmente na China, junto com o auge da demanda de petróleo por parte dos países da OCDE acima das previsões, empurrou o preço do petróleo para entre 70 dólares e 80 dólares por barril, onde se manteve boa parte de 2010”, garantiu o organismo. O preço do barril subiu em dezembro pelo quarto mês consecutivo até os 88 dólares e 92 dólares por barril, acrescentou.

Oferta e demanda – A oferta de petróleo caiu em 300.000 barris diários em dezembro, devido a uma fuga em uma estação petrolífera no Alasca e um incêndio em um canadense. A AIE ressaltou que as previsões na oferta se mantêm estáveis tanto para 2010 quanto 2011, em 52,8 milhões de barris e 53,4 milhões, respectivamente.

Em seu relatório mensal sobre o mercado de petróleo, a agência aumentou sua estimativa da demanda para 2011 em 320.000 barris diários, para os 89,1 milhões, o que representa aumento de 1,4 milhão de barris por dia com relação a 2010, assinalou o organismo em comunicado.

Este crescimento é sensivelmente menor do que o registrado em 2010, quando a demanda foi de 87,7 milhões de barris, 2,7 milhões mais que no ano anterior.

(Com agência EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade