Clique e assine a partir de 9,90/mês

Aéreas prometem trocar passagens de afetados pela greve

Companhias Latam e Gol prometeram a remarcação de voos sem custos para o cliente; greve geral acontece na sexta-feira em quase todo o país

Por Da redação - Atualizado em 27 abr 2017, 17h01 - Publicado em 27 abr 2017, 16h55

Com a iminência de que a greve geral contra as reformas propostas pelo governo Temer, marcada para sexta-feira (28), irá atrapalhar voos em diversos aeroportos do país, as companhias aéreas prometem trocar as passagens sem custos aos passageiros afetados pela paralisação.

Além da dificuldade no transporte, pilotos, comissários e funcionários dos aeroportos também deverão paralisar suas atividades.

A Gol afirmou em nota que os clientes da empresa poderão remarcar os voos. “Em função da eventual greve anunciada para o próximo dia 28 de abril, os clientes da Gol com voo marcado para essa data, e que desejarem remarcar sua viagem (antecipar ou postergar), poderão fazê-lo sem custo pelos canais de atendimento online ou pelo número 0800 704 0465.”

A Latam também seguiu pelo mesmo caminho e ofereceu três opções aos passageiros afetados: a mudança da data, alteração do destino ou reembolso.

Continua após a publicidade

“Antecipar ou postergar a viagem para até 15 dias da data original sem cobrança de multas, sujeito a disponibilidade de cabine. Para além dos 15 dias, sujeito a diferença de tarifas, respeitando a validade do bilhete. Alterar a origem/destino do voo sem a cobrança de multas, sujeita às diferenças tarifárias e respeitando a validade do bilhete. Passageiros de voos afetados podem solicitar o reembolso de bilhete não utilizado sem a cobrança de multas”, disse a companhia, em nota.

A Avianca pediu aos passageiros que agilizem o processo de check-in, mas também se mostrou disposta a alterar datas ou até mesmo o cancelamento. “A companhia informa que isentará a taxa de remarcação aos passageiros que desejarem alterar reservas confirmadas em voos desta sexta-feira (28); aqueles que optarem pelo cancelamento receberão o valor integral da passagem”.

Já a Azul foi a única que não se comprometeu a reembolsar os clientes. Em nota, a companhia aérea disse que a programação de voos permanece inalterada e que, em caso de dúvidas, os clientes poderão entrar em contato com a companhia pelos telefones 4003-1118 (capitais e regiões metropolitanas) ou 0800 887 1118 (demais regiões).

Publicidade