Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ações do Twitter caem mais de 20% após divulgação de relatório

Rede social perdeu 1 milhão de usuários no segundo trimestre de 2018 devido a medidas contra contas falsas e comentários ofensivos

Após o Facebook registrar o maior tombo diário da história de Wall Street, os papéis do Twitter tiveram queda de 20,5% na Nasdaq, índice de ações de tecnologia da Bolsa de Nova York (EUA), nesta sexta-feira (27). Esta foi a segunda maior perda de ações da empresa desde que ela abriu capital em 2013.

O resultado se deve à divulgação do relatório financeiro da rede social na manhã desta sexta, com destaque para a perda de 1 milhão de usuários no segundo trimestre de 2018.  No total, a companhia possui 335 milhões de cadastros ativos no período, 1 milhão a menos que a quantidade registrada nos primeiros três meses do ano, segundo reportagem do The Guardian.

A companhia divulgou um lucro líquido de 100 milhões de dólares (371,7 milhões de reais) entre abril e junho, contra um perda de 116,5 milhões de dólares (433 milhões de reais) no mesmo período de 2017.

Reação do Mercado

Ainda que o prejuízo tenha sido revertido, o mercado reagiu mal diante da perda de usuários da rede social. A própria companhia alertou que este número pode cair ainda mais este ano, diante de medidas contra contas falsas e comentários ofensivos.

Em resposta ao mercado, o Twitter afirmou que a queda no número de usuários reflete “o impacto das decisões tomadas para priorizar a saúde da plataforma”.