Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ações da controladora da American Airlines caem mais de 80%

Papel da companhia aérea está sendo negociado a 0,26 centavos de dólar

As ações da AMR, holding que controla a companhia aérea American Airlines, caíram 83,7% na abertura do pregão desta terça-feira, em Wall Street. Investidores realizaram uma venda maciça de papéis da empresa após a AMR protocolar um pedido de concordata na corte de Nova York.

Apesar da queda, os três principais indicadores americanos continuaram no azul. Às 13h50 (horário de Brasília), o SP&P 500 subia 0,72%, enquanto o índice Dow Jones tinha alta de 0,63%, e o Nasdaq, seguia com apreciação de 1,08%. As ações das concorrentes da American Airlines, como Delta e United, não foram afetadas pela concordata e oscilavam no campo positivo nesta manhã.

Crise – A AMR entrou com um pedido de concordata na corte dos Estados Unidos na manhã desta terça-feira. Em comunicado, a empresa afirmou que o movimento permitirá que sua competitividade seja restaurada no mercado de aviação internacional. Segundo a companhia, os compromissos com as reservas de passagens já feitas serão mantidos, assim como a manutenção da folha de pagamentos e benefícios de seus funcionários.