Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ações da Boeing caem mais de 7% em NY após acidente na Etiópia

Papéis da Embraer abriram o dia em baixa no Ibovespa mas apresentam recuperação; as duas empresas têm acordo para formação de um empreendimento conjunto

As ações da Boeing operavam em forte queda nesta segunda-feira, 11, um dia após o acidente com o avião 737 Max 8, operado pela Ethiopian Airlines, que matou 157 pessoas. Por volta das 11h20 (14h20 no horário de Brasília) os papéis do fabricante caíam 7,4%. Logo na abertura do mercado, o índice havia despencado 12,73%,

A aeronave da Ethiopian partia de Adis Adeba, capital da Etiópia, rumo a Nairóbi, capital do Quênia, e caiu seis minutos após a decolagem.

China, Etiópia e Indonésia proibiram a operação da aeronave em seus espaços aéreos após o acidente, o segundo com o modelo em cinco meses. Em outubro, a queda de uma aeronave operada pela Lion Air, na Indonésia, matou 189 pessoas.

No Brasil, os papéis da Embraer abriram em baixa, mas reverteram a queda durante a tarde.  Às 11h13, a baixa era de 0,26%, vendidos a 19,27 reais no Ibovespa. Já às 15h35, as ações subiam 0,41%.

No ano passado, as empresas estabeleceram um acordo para a formação de joint venture – empreendimento conjunto – avaliado em 5,26 bilhões de dólares, autorizado por acionistas da companhia brasileira neste ano.

(Com Agência France-Presse)