Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Ações asiáticas dão salto após ajuda da UE a bancos espanhóis

Por Da Redação 11 jun 2012, 07h58

TÓQUIO, 11 Jun (Reuters) – As ações asiáticas subiram nesta segunda-feira depois que os ministros das Finanças da zona do euro concordarem em emprestar até 125 bilhões de euros para a Espanha dar suporte a seus bancos em crise, aliviando temores no mercado de um colapso fiscal no país.

O alívio pode ser por pouco tempo, porém, uma vez que investidores aguardam as eleições gregas no dia 17 de junho, que podem colocar a Grécia no caminho de saída do bloco e precipitar um aprofundamento da crise sobre futuro do euro.

Às 7h50 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne mercados da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão subia 1,69 por cento, a caminho de seu maior ganho diário em quase cinco meses, enquanto a média de ações Nikkei, do Japão, ganhou 1,96 por cento, depois de ter caído 2,1 por cento na sexta-feira.

“Foi a macroeconomia que levantou os mercados nesta manhã, à medida que a União Europeia interveio para ajudar os bancos espanhóis”, afirmou o diretor do departamento de derivativos da Orient Futures, Andy Du. “Todos os olhos ainda estão nas próximas eleições da Grécia, mas as preocupações dos investidores com a zona do euro aliviaram a curto prazo”.

O euro estava a caminho de seu maior rali diário contra o dólar em quase oito meses, após subir quase 1 por cento para 1,26694 dólar, seu maior nível desde o dia 23 de maio, antes de recuar para operar a 1,2639.

A bolsa de Cingapura subiu 1,82 por cento, a 2.787 pontos, assim como Taiwan, que expandiu 1,72 por cento e Hong Kong que cresceu 2,44 por cento. O índice referencial de Xangai também subiu em 1,07 por cento.

(Reportagem de Chikako Mogi; Reportagem adicional de Carrie Ho, em Xangai, e Manolo Serapio Jr, em Cingapura)

Continua após a publicidade
Publicidade