Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Acionistas pedem que Apple divulgue plano de sucessão

Após nova licença médica de Steve Jobs, fundos de pensão propõem que plano seja votado em assembleia

Por Da Redação 18 jan 2011, 12h28

Na próxima assembleia de acionistas da Apple, que acontecerá em 23 de fevereiro, a divulgação de um plano de sucessão para a empresa deverá ser votada. Desde que Steve Jobs começou a dar os primeiros sinais de doença, fundos de pensão vem pedindo para que o conselho de administração da empresa divulgue tais informações ao mercado, segundo a reportagem do site da Fast Company. Até o momento, os controladores sempre conseguiram que a proposta fosse votada em favor do sigilo, alegando que tal medida de transparência poderia “ferir a posição competitiva da empresa” e dar à concorrência uma “vantagem injusta”.

Com a licença tirada pelo fundador da Apple no início da semana, acionistas ganharam novo fôlego para exigir as informações. Pilotados pelo Central Laborers Pension Fund (Fundo de Pensão dos Trabalhadores Centrais), os investidores estão se movimentando para conseguir a maioria dos votos na próxima assembleia.

A Security Exchange Comission (SEC) – órgão regulador do mercado de capitais americano – não exige que as empresas divulguem tais planos ao mercado. Contudo, caso a votação seja favorável aos minoritários, o mercado ficará sabendo quem poderá ser o novo CEO da Apple no futuro.

Publicidade