Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

“Achei que fosse morrer”, diz dono da Virgin após acidente

Richard Branson estava treinando para uma maratona radical quando acertou uma lombada e caiu de cara no chão

Por Da redação - Atualizado em 26 ago 2016, 15h39 - Publicado em 26 ago 2016, 15h37

O empresário Richard Branson, fundador do grupo Virgin, sofreu um acidente na última quarta-feira em um passeio de bicicleta nas Ilhas Virgens Britânicas. O bilionário fraturou o queixo e rompeu ligamentos, além de ter sofrido cortes e escoriações. Ele passa bem, mas disse que temeu pelo pior. “Eu realmente achei que fosse morrer”, escreveu Branson em seu blog, hospedado no site da companhia.

Ele descia uma ladeira de bicicleta à noite quando, com pouca visibilidade, acertou uma lombada, voou por cima do guidom e “viu a vida passar diante de seus olhos” antes de atingir o piso de concreto da estrada em que estava. Branson pedalava ao lado de seus dois filhos, Holly e Sam, como parte do seu treinamento para uma maratona de aventura radical promovida por sua empresa.

Leia também:
Conheça o Manbang, o ‘Netflix da Coreia do Norte’
Domino’s faz teste para entregar pizzas por drone; veja o vídeo

“Talvez devessem criar capacetes para ciclistas que protegessem a lateral do rosto também – alguém sabe se existe algum?”, perguntou, de forma bem-humorada. Ele foi ajudado por uma de suas funcionárias, que passava de carro pelo local. A bicicleta não teve a mesma sorte do bilionário e foi encontrada totalmente destruída na base de um penhasco.

Apesar do acidente, Branson espera participar da iniciativa esportiva de sua empresa, o Virgin Strive Challange. O desafio incluirá provas como escalada, ciclismo e triatlon. Os participantes sairão dos Alpes Italianos no começo de setembro, atravessarão o território do país e chegarão até o monte Etna, na Sicília, no sul da Itália.

Publicidade