Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ação da Petrobras tem forte queda após resultados do 4o trimestre

SÃO PAULO, 10 Fev (Reuters) – As ações da Petrobras operavam em forte baixa no pregão desta sexta-feira, seguindo a divulgação dos resultados do quarto trimestre de 2011 e o fechamento de uma licitação recorde para a contratação de sondas.

Às 12h10, a ação preferencial caía 4,8 por cento, a 24,27 reais, enquanto a ordinária perdia mais de 5,4 por cento, a 26,03 reais. No mesmo instante, o Ibovespa recuava 1,75 por cento.

Os resultados da petrolífera decepcionaram o mercado e incentivaram uma realização de lucros nos papéis que acumulam ganhos de cerca de 20 por cento em 2012.

“Os resultados do quarto trimestre vieram abaixo de nossas expectativas, particularmente pelos gastos com importação muito maiores”, afirmaram os analistas Paula Kovarsky e Diego Mendes, do Itaú BBA, em relatório. A instituição considerou os números “muito ruins”.

A Petrobras registrou lucro líquido de 5,05 bilhões de reais no quarto trimestre de 2011, queda de 52,4 por cento ante o mesmo período do ano anterior, influenciado pelo aumento dos custos operacionais e das importações de derivados de petróleo, apesar da alta dos preços da commodity ter aumentado a receita da companhia.

O segmento de Abastecimento da Petrobras apresentou um prejuízo de 9,9 bilhões de reais em 2011, em meio ao aumento nos custos com importações.

Os analistas Emerson Leite e Andre Sobreira, do Credit Suisse, destacaram como ponto negativo a geração de caixa negativa no quarto trimestre, que caiu 2,1 bilhões de reais na comparação com o terceiro trimestre de 2011.

“Poderiam ter sido um bom trimestre para a Petrobras, com a produção das refinarias aumentando 4 por cento, a produção nacional de petróleo e gás com alta de 4 por cento, e volumes de refinaria aumentando 3 por cento. Mas não foi esse o caso…”, ressaltaram os analistas, também em relatório.

(Por Roberta Vilas Boas)