Clique e assine a partir de 9,90/mês

Ação da OGX cai 78% no ano e lidera perdas nas Américas

Ação da petroleira de Eike Batista teve o pior desempenho entre 1.900 empresas avaliadas por consultoria

Por Da Redação - 17 jun 2013, 16h14

Um ranking elaborado pela consultoria Economatica mostrou que a OGX, braço de petróleo e gás do grupo EBX, de Eike Batista, é a empresa que mais perdeu valor de mercado no ano em toda a América Latina e Estados Unidos. A lista, que avalia 1.900 ações de companhias com capital aberto, sendo 1.200 americanas, aponta que a OGX perdeu 77,9% de seu valor até 14 de junho. Já a OSX Brasil, também de Eike, acumulou perdas de 77,5% em valor de mercado no período – a segunda maior queda. Nesta quarta-feira, a ação da OGX chegou a valer 0,89 real – a menor cotação de sua história.

A mineradora MMX, também de Eike, ficou em sexto lugar, com baixas de 67,2%, enquanto a LLX, cujo valor caiu 50,4%, está em 15º. Os terceiro, quarto e quinto lugares são ocupados pela americana Allied Nevada Gold, de mineração, que perdeu 74,7% e pelas mexicanas Urbi Desarrolos (-73,5%) e Homex Desarr (-68,2%), ambas do setor de construção civil, que foi o que mais acumulou perdas.

Entre as 20 primeiras empresas, outras brasileiras também aparecerem, como a HRT Petróleo (-60,5%), que ficou em 9º lugar, Eletropaulo (-60%, 10º lugar), B2W (-54,6%, 11ª posição) e Brookfield (-53,86%, 12º lugar).

Leia mais:

Continua após a publicidade

Valor das empresas de Eike cai 58% na Bolsa em 2013

Por que Eike Batista perde e ganha muito dinheiro em um dia

Eike nunca cumpre o que promete, diz ex-sócio

Publicidade