Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Abrafarma confirma liderança da Raia Drogasil

Por André Magnabosco

São Paulo (AE) – A Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma) confirmou a condição de líder da Raia Drogasil no ranking das maiores redes de varejo farmacêutico do País. A fusão das duas empresas, anunciada em agosto passado, criou uma empresa com faturamento anual estimado de aproximadamente R$ 4,1 bilhões, conforme números divulgados na ocasião.

O levantamento da entidade, realizado pela Fundação Instituto de Administração (FIA-USP) com base em números do exercício de 2011, aponta que a cearense Pague Menos, ex-líder do ranking, caiu para a terceira posição entre os maiores faturamentos do setor. A segunda posição foi assumida pelo grupo resultante da união entre a Drogaria São Paulo e a Pacheco. No anúncio da união entre as redes, também em agosto passado, as companhias comunicaram faturamento conjunto de R$ 4,4 bilhões. O ranking da Abrafarma, entretanto,considera a empresa como a segunda maior do setor.

A quarta posição em faturamento é ocupada pela Brazil Pharma, rede controlada pelo BTG Pactual e que tem crescido nos últimos meses a partir de grandes redes nas regiões Sul, Norte e Nordeste. Quando analisado o número de lojas, entretanto, a Brazil Pharma desbanca a Pague Menos e surge como a terceira maior rede do País, atrás de Raia Drogasil e da parceria entre a Drogaria São Paulo e a Pacheco.

O levantamento da FIA-USP também considera o resultado das redes por bandeira, sem a combinação dos resultados de empresas de um mesmo grupo. Nesse caso, a Pague Menos mantém a liderança por faturamento e por número de lojas. No primeiro caso, ela é seguida por Drogaria São Paulo, Drogasil, Raia e Pacheco. A maior novidade do levantamento é a inversão de posição entre Raia e Pacheco.

No levantamento por número de lojas, a segunda posição é ocupada pela Raia, seguida por Drogasil, Drogaria São Paulo e Pacheco. Neste caso, o destaque ficou por conta da Drogasil, que subiu duas posições e superou as concorrentes Drogaria São Paulo e Pacheco.

A melhor colocação de uma rede da Brazil Pharma foi obtida pela paraense Big Bem, com a sétima posição entre os maiores faturamentos. Entre as redes com maior número de lojas, o destaque ficou por conta da gaúcha Mais Econômica, com a nona posição.

O primeiro levantamento feito pela Abrafarma com base na nova realidade do setor, após a fusão de algumas das principais redes do País, destaca também a posição da mineira Araujo, da gaúcha Panvel e da paranaense Nissei. A Araujo ocupa a quinta posição do ranking em faturamento e a nona em número de lojas. A Panvel é a sexta maior em faturamento e em número de lojas. Já a Nissei ocupa a sétima posição em ambos os rankings.