Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Abilio Diniz troca seus conselheiros no Pão de Açúcar

Pedro Paulo Diniz e Geyze Marchesi Diniz serão substituídos por dois conselheiros profissionais, Luiz Fernando Figueiredo e Cláudio Galeazzi

Por trás da mudança está o esforço de Abilio para dar um caráter mais profissional às discussões no conselho de administração

O empresário Abilio Diniz enviou na noite de domingo uma carta ao seu sócio, o varejista francês Casino, informando que vai trocar dois nomes no conselho de administração do Grupo Pão de Açúcar (GPA). Os antigos ocupantes dos assentos, Pedro Paulo Diniz e Geyze Marchesi Diniz, filho e mulher do empresário brasileiro, serão substituídos por dois conselheiros profissionais, Luiz Fernando Figueiredo e Cláudio Galeazzi. Abilio Diniz mantém-se na posição de presidente do conselho.

Por trás da mudança está o esforço de Abilio para dar um caráter mais profissional às discussões no conselho de administração, hoje marcadas pela disputa entre o empresário e seu sócio francês. A relação entre os dois tornou-se hostil em meados de 2011, quando Abilio apresentou uma proposta de fusão com o Carrefour no Brasil – o que não agradou ao Casino.

Leia também:

Abilio vende participação no Pão de Açúcar por R$ 1,5 bi

Luiz Fernando Figueiredo foi diretor de política monetária do Banco Central, fundou o Gávea Investimentos e é atualmente sócio da Mauá Sekular Investimentos. Já Galeazzi é um consultor conhecido por suas reestruturações de empresas baseadas em cortes de custos. Ele já trabalhou em companhias como Artex, Vila Romana, Cecrisa, Lojas Americanas e no próprio Grupo Pão de Açúcar, onde chegou a ocupar o cargo de presidente. Hoje ele é sócio e conselheiro do banco BTG Pactual.

Seguindo o protocolo previsto em acordo de acionistas, a carta de Abilio ao Casino pede a realização de uma reunião entre os sócios para tratar dos novos nomes (o Casino, porém, não tem o direito de vetá-los). Nesta segunda-feira deve ser enviada à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) uma convocação para a realização de Assembleia de Acionistas. Só depois dessa assembleia os novos conselheiros vão assumir.

(com Estadão Conteúdo)