Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

AB InBev tem queda de 12,7% em seu lucro de 2010

Empresa controladora da AmBev enfrenta desquecimento do mercado europeu

A cervejaria Anheuser-Busch InBev (AB InBev) teve queda de 24% no lucro líquido no quarto trimestre do ano passado, em razão de impostos mais altos e de alguns itens extraordinários. Em todo o ano de 2010, o lucro da companhia caiu 12,7%. O desempenho das vendas da AB InBev no Brasil foi destaque nos resultados da empresa. No país, as vendas da companhia cresceram 3,4% no quarto trimestre e 10,7% em todo o ano de 2010.

O lucro do quarto trimestre caiu para 968 milhões de dólares, de 1,28 bilhão de dólaresno mesmo período de 2009, abaixo das estimativas dos analistas de 1,24 bilhão de dólares. A queda veio mesmo com o aumento no volume de vendas no Brasil, que contrabalançou a fraqueza na Europa Ocidental e nos EUA. Em todo o ano de 2010, a cervejaria teve lucro líquido de 4,026 bilhões de dólares, ante o valor de 4,613 bilhões de dólares em 2009.

O resultado do quarto trimestre foi prejudicado por um aumento de 50% nos custos fiscais em comparação com o quarto trimestre de 2009. Também influenciou o resultado um ganho extraordinário de 1 bilhão de dólares no quarto trimestre de 2009 com a venda de negócios na Europa Central e na Coreia do Sul.

Vendas – Embora o lucro líquido tenha diminuído no quarto trimestre, o volume de vendas global cresceu 1,4%, puxado por um forte crescimento no Brasil e na Ásia. Houve queda de 1,3% na América do Norte, principalmente nos EUA, e de 3,6% na Europa Ocidental. Já na América Latina, as vendas aumentaram 3,4%, com destaque para o Brasil. Em 2010, as vendas globais da AB InBev subiram 2,1%.

A AB InBev prevê que no primeiro trimestre deste ano as vendas serão fracas, em consequência do desemprego ainda alto nos EUA e das fortes chuvas no Brasil.

Os investimentos no ano deverão subir para entre 2,7 bilhões de dólares e 2,9 bilhões de dólares.

(Com Agência Estado)