Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

AB InBev tem alta de 26% no lucro no 2º trimestre

Por Danielle Chaves

Bruxelas – A cervejaria Anheuser-Busch InBev (AB InBev), a maior do mundo, teve alta de 26% no lucro líquido no segundo trimestre deste ano, para US$ 1,45 bilhão, de US$ 1,15 bilhão no mesmo período do ano passado, impulsionado por cortes de custo nos EUA e por aumentos de preços no Brasil. O Ebitda (ganho antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado aumentou 11,7%, para US$ 3,75 bilhões. As estimativas dos economistas eram de lucro líquido de US$ 1,50 bilhão e Ebitda de US$ 3,76 bilhões.

A receita da companhia somou US$ 9,95 bilhões nos três meses até junho. As vendas da AB InBev caíram tanto nos EUA quanto no Brasil, os dois maiores mercados da empresa. Nos volumes de vendas na América do Norte houve queda de 1,9% e no Brasil, que tem sido um motor importante do crescimento das vendas da empresa, o declínio foi de 2,6% – que pareceu consequência dos aumentos de preços implementados apesar da desaceleração do crescimento da renda do consumidor.

A companhia afirmou que os EUA são claramente o principal foco de preocupação, em razão do desemprego alto que deverá continuar limitando o consumo pelo menos no restante deste ano. Por outro lado, disse a AB InBev, as vendas no Brasil deverão se recuperar quando o aumento no salário mínimo entrar em vigência, no começo do próximo ano. As informações são da Dow Jones.