Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

À venda por US$ 200 milhões, mansão da Playboy é a mais cara dos EUA

Residência de Hugh Hefner por décadas, casa foi palco de inúmeras festas e moradia do dono da revista e suas namoradas

A famosa mansão da Playboy, com quase 2.000 metros quadrados localizada em um terreno de 20.000 metros quadrados em Los Angeles, nos Estados Unidos, foi colocada à venda por 200 milhões de dólares. Com isso, a residência de Hugh Hefner, fundador e proprietário da Playboy, assumiu a liderança das residências mais caras dos Estados Unidos.

A mansão possui 29 quartos e uma casa de hóspedes adicional de quatro quartos, além de uma gruta com caverna artificial e spa com hidromassagem, adega, home theater, ginásio, campo de tênis e piscina. Esla fica em em Holmby Hills, bairro que, junto com Bel Air e Beverly Hills, forma o chamado Triângulo de Platina de Los Angeles.

Seu tamanho e localização são os maiores atrativos, apesar de uma das ex-namoradas de Hefner tê-la descrito como sendo antiga. A modelo Carla Howe disse uma vez em entrevista que Hefner “quase nunca sai de casa e se recusa a mudar alguma coisa na mansão – toda ela parece estar presa à década de 1980”. Além disso, de acordo com ela, há telefones antigos pendurados pelas paredes da casa e quartos com forte cheiro de umidade.

Hefner, de 89 anos, fundador da Playboy, ainda está vivendo e trabalhando em sua mansão e ele, cada dia com a saúde mais frágil, continuaria a fazer isso mesmo com a venda do imóvel.

(Da redação)