Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

A resposta de Silva e Luna sobre sua possível permanência na Petrobras

Depois da desistência de Adriano Pires de assumir o comando da empresa, general reitera que não há possibilidade de permanecer no cargo

Por Victor Irajá, Felipe Mendes Atualizado em 4 abr 2022, 17h58 - Publicado em 4 abr 2022, 16h40

Mesmo aventada nos bastidores da empresa, a permanência do general Joaquim Silva e Luna no comando da Petrobras é refutada por ele. “Não”, simplesmente, respondeu o general a uma mensagem enviada por VEJA perguntando se havia a possibilidade de continuar no cargo depois da desistência do economista Adriano Pires de assumir o comando da estatal. O presidente Jair Bolsonaro, agora, corre contra o tempo para resolver o imbróglio na empresa. É desejo de Bolsonaro demover Pires da ideia de não assumir a Petrobras — mas o economista parece seguro de sua decisão.

O governo terá dez dias para nomear um novo presidente para a empresa. Luna já foi avisado pelo governo que seu nome não será incluído na próxima assembleia-geral de acionistas da empresa, mas as recusas de Pires, de presidir a empresa, e de Rodolfo Landim, de aceitar a indicação para presidente do conselho de administração da companhia, podem fazer com que a União volte atrás e o mantenha no cargo por mais tempo — no entanto, é mais provável que outro diretor assuma a petrolífera de forma interina.

Bolsonaro indicou o desejo de substituir Luna com intuito de ter maior influência junto à política de reajuste de preços dos combustíveis. Em entrevista a VEJA, o general relatou pressões do presidente Bolsonaro durante seu período à frente da estatal. “Houve indicações nesse sentido, mas confesso que isso não me incomodou. Eu não ia fazer. Então, eu dormia tranquilo”, disse Silva e Luna. “Meu apego a cargo é zero, nunca tive. Vim para servir. Entendi que tinha de cuidar da empresa, a parte política não cabia a mim.”

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.