Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

11% dos pais vão atrasar contas para comprar presente do filho

Entre as contas que devem ser sacrificadas estão a fatura do cartão de crédito (7%), os impostos de início de ano (3%) e as contas de água e luz (2%)

Quanto vale satisfazer o desejo do filho? Mesmo com o orçamento curto, alguns pais não medem esforços para atender essa vontade. Vale até atrasar o pagamento das contas da casa, segundo pesquisa realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL).

De acordo com a pesquisa, 11% dos pais admitem que vão atrasar alguma conta para comprar o presente de Natal do filho. Entre as contas que devem ser sacrificadas para atender a esse desejo estão a fatura do cartão de crédito (7%), os impostos de início de ano (3%) e as contas básicas de água e luz (2%).

O levantamento mostra ainda que 70% dos que pretendem presentear no Natal possuem filhos. Em 6% dos casos, o presente será escolhido pela criança. Outros 44% serão escolhidos pelos pais em conjunto com o filho. Em 49% dos casos, os presentes dos filhos serão escolhidos apenas pelos pais.

O educador financeiro do SPC Brasil, José Vignoli, diz que os pais não devem se complicar financeiramente apenas para evitar que o filho passe por frustrações. “É fundamental dar presentes que estejam de acordo com a sua realidade financeira.”

Uma sugestão do educador financeiro é que os filhos façam uma lista de presentes com opções variadas de preços, tamanhos e marcas, dando ao pai ou a mãe a liberdade de escolher uma das opções.