Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Vídeo de William Waack foi compartilhado em grupo de Whatsapp

A sequência em que o jornalista parece dizer a frase racista ‘É coisa de preto’ viralizou depois que um dos integrantes do grupo a publicou no Twitter

Por Da redação Atualizado em 9 nov 2017, 18h18 - Publicado em 9 nov 2017, 17h42

O vídeo que levou o jornalista William Waack a ser afastado do Jornal da Globo, nesta quarta-feira, pode ter surgido primeiro em um grupo de Whatsapp formado por profissionais de audiovisual.

O tuíte mais antigo encontrado com a cena é das 14h28 de quarta, e foi feito por um roteirista de TV que é integrante desse grupo. Ele conta que recebeu o arquivo no Whatsapp e decidiu publicá-lo por ser tratar de uma “verdade”. Ao que tudo indica, foi a partir dessa postagem que o vídeo viralizou.

No momento em que a cena era replicada e criticada nas redes sociais, William Waack trabalhava na Globo. Segundo fontes da emissora, ele não demonstrou qualquer abalo e seguiu trabalhando.

Waack pensava na edição desta quarta do Jornal da Globo, que acabou não apresentando. Ele foi substituído pela jornalista Renata Lo Prete, que abriu o telejornal lendo a nota da Globo sobre o afastamento do jornalista. Na nota, a emissora diz condenar “visceralmente” o racismo.

O grupo onde o vídeo teria surgido perdeu membros desde a grande repercussão das imagens. Muitos temem ter seu nome associado ao vazamento — e portas fechadas para trabalhar na Globo.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)