Clique e assine a partir de 8,90/mês

Vegetarianos repudiam ação da Sadia com Jamie Oliver: ‘Nova Angélica’

Chef está no Brasil fazendo propaganda de uma linha de congelados da marca

Por Da Redação - 8 jul 2016, 12h45

O famoso chef inglês Jamie Oliver fechou um contrato com a Sadia para se tornar o garoto-propaganda de uma linha de congelados que promete ser “saudável”, “gourmet” e de “maior nível de bem-estar animal”. A notícia da contratação do chef, conhecido por defender uma alimentação saudável baseada em produtos frescos, teve repercussão negativa entre fãs e se tornou alvo de uma carta de repúdio da Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB). Segundo a carta da SVB, o chef passou vexame ao se associar à marca, assim como “Angélica (autodeclarada ‘vegetariana’) promovendo embutidos da Perdigão e Roberto Carlos ao tentar promover a carne da Friboi”.

LEIA TAMBÉM:

Açougue de luxo de Jamie Oliver é fechado pela vigilância sanitária

McDonald’s muda receita após denúncia de Jamie Oliver

Os vegetarianos se dizem desapontados com o envolvimento do cozinheiro com uma empresa que, segundo afirmam em comunicado, causa graves impactos ambientais. “Não é possível compatibilizar a educação alimentar de qualidade e o bem-estar nutricional com a promoção de uma marca cujo portfólio promove amplamente o consumo de carnes processadas e embutidos – comprovadamente associados a problemas crônicos de saúde e diversos tipos de câncer, conforme reconhecido pela Organização Mundial de Saúde”, afirma a SBV em carta enviada à imprensa.

Continua após a publicidade

A sociedade também afirma que o consumo excessivo de produtos de origem animal pela população brasileira tem implicações para a saúde pública. “A carne de frango é, hoje em dia, responsável por grande parte dos casos de contaminação e intoxicação alimentar no Brasil e em outros países. No Brasil, mais de 5 bilhões de aves são mortas anualmente pela indústria da carne, que tem em um de seus principais expoentes a Brasil Foods. São animais que chegam ao peso adulto em pouco mais de um mês, mas cujos ossos sofrem com o crescimento acelerado artificialmente”, diz o comunicado.

Jamie Oliver se encontra atualmente no Brasil, onde participa de várias campanhas de divulgação da marca e possui gravações para programas de TV agendadas para o próximo fim de semana. A Sadia e o cozinheiro já divulgaram um vídeo no Youtube anunciando a parceria. Confira abaixo:

https://youtube.com/watch?v=p-NVLCTdKEQ

Outro lado – Na noite desta sexta-feira, a Sadia enviou uma nota à imprensa sobre esse assunto. “A Sadia respeita a diversidade de opiniões, mas esclarece que desde 2015, a marca inaugurou um grande movimento com inúmeras iniciativas que buscam ajudar os brasileiros a se alimentarem cada vez melhor e de forma mais equilibrada. A parceria com o chef britânico e o lançamento de uma linha de pratos prontos para cozinhar – com ingredientes naturais e com cuidados desde a origem (bem-estar animal) -, é mais uma iniciativa nesse sentido.”

“A companhia possui normas corporativas rígidas de bem-estar animal e baseadas em padrões e legislações nacionais e internacionais, que respeitam as cinco liberdades: animais livres de fome e sede, de desconforto ambiental, de dor, lesões e doenças, livres de medo e estresse e livres para expressar seu comportamento natural; também está atenta e acompanha constantemente as pesquisas e estudos, nacionais e internacionais, relacionados à segurança dos alimentos. Importante frisar que, por se tratar de ‘evidências científicas’, são necessárias investigações mais aprofundadas sobre a possível correlação do consumo de carnes processadas com a maior incidência de câncer.”

Continua após a publicidade
Publicidade