Clique e assine com até 92% de desconto

Um mês depois, Fátima Bernardes se solta em ‘Encontro’

Desde junho na nova função, apresentadora já se livrou do ranço do 'JN'. No programa desta quinta-feira, dançou até 'Eu Quero Tchu, Eu Quero Tcha'. E começa a recuperar a audiência do horário

Por Carol Nogueira 26 jul 2012, 13h37

Quando Fátima Bernardes estreou Encontro…, seu primeiro programa solo na Globo, ainda estava engessada nos padrões de comportamento que seguiu durante quase 14 anos na bancada do Jornal Nacional. Os temas do programa eram sérios demais — como adoção — e o que era para ser um bate-papo leve e descontraído acabava se tornando um inquérito, com Fátima fazendo perguntas sisudas demais.

OPINE: Fátima Bernardes evoluiu como apresentadora?

LEIA MAIS:

LEIA MAIS: Na estreia, Encontro com Fátima Bernardes não mostra a que veio

Convidados de 'Encontro com Fátima Bernardes' dançam 'Eu Quero Tchu, Eu Quero Tcha'
Convidados de ‘Encontro com Fátima Bernardes’ dançam ‘Eu Quero Tchu, Eu Quero Tcha’ VEJA

Assistir a Encontro exatamente um mês depois — o programa estreou no dia 25 de junho — é uma grata surpresa. A primeira impressão é de que Fátima está mais solta, menos produzida e o cabelo ostenta um corte mais despojado. E a impressão continua à medida que o programa avança. Nesta quinta-feira, a ex-âncora do JN estava tão à vontade com seus convidados, muito bem escolhidos pela produção, que até dançou o hit Eu Quero Tchu, Eu Quero Tcha (na foto ao lado), da dupla João Lucas e Marcelo, que estava presente na plateia. É uma mudança e tanto.

A quantidade (e a qualidade) dos convidados melhorou muito. Entre os artistas, não havia sequer um desconhecido para o “povão”. Além de João Lucas e Marcelo, havia a comediante Monica Martelli, o jornalista Tadeu Schmidt, o sambista Neguinho da Beija-Flor, o jogador Dedé do Vasco da Gama, e o ator Emilio Orciollo Neto. O grande trunfo era Luana Piovani, chamada ao programa para falar sobre fim de relacionamentos amorosos — tema em que a esquentadinha Luana já é especialista.

Nesta quinta-feira, o programa também contou com uma novidade, um quadro musical apresentado pelo titã Branco Mello. Ainda falta a Mello certa desenvoltura ao falar, mas o quadro mostrou que tem potencial de deixar o programa mais divertido.

No geral, o programa está mais bem humorado, sabendo equilibrar temas mais leves (“O que é pior: dar ou levar um fora?”) e outros nem tanto (“Como escolher a creche ideal para o filho?”), mas com menor variedade de temas por dia, para que cada assunto possa ser bastante explorado. O público, pelo jeito, já foi cativado pelo programa também. Apesar de ter sofrido quedas bruscas na audiência em sua primeira semana, Encontro tem registrado boas médias de audiência (cerca de 6 pontos, contra 4,6 da Record e 4,2 do SBT), empatando em vários dias com a concorrência.

Continua após a publicidade
Publicidade