Clique e assine com até 92% de desconto

Tony Scott tinha câncer no cérebro inoperável

Cineasta foi encontrado morto neste domingo e polícia trabalha com a hipótese de ele ter se suicidado ao pular de uma ponte em Los Angeles

Por Da Redação 20 ago 2012, 14h58

O cineasta Tony Scott, encontrado morto neste domingo, lutava contra um câncer no cérebro e já havia sido avisado pelos médicos que o tumor não poderia ser retirado cirurgicamente, segundo a emissora de TV americana ABC. As circunstâncias da morte do irmão do também diretor de cinema Ridley Scott estão sendo investigadas, mas a polícia trabalha com a hipótese de suicídio já que Tony Scott faleceu após pular de uma ponte em Los Angeles.

O corpo do diretor de filmes como Top Gun – Ases Indomáveis e Maré Vermelha foi encontrado nas águas dos canais da zona portuária em torno das 16h30 do domingo (horário local, 21h30 em Brasília).

Nascido em 21 de julho de 1944, Scott ganhou fama na indústria como diretor de anúncios para televisão até se firmar no cinema com Top Gun, em 1986, e iniciar uma prolífica carreira centrada em filmes de ação, trabalhando em cinco ocasiões com o ator Denzel Washington. Como produtor, junto a seu irmão, realizou projetos como o recente Prometheus, e as séries de televisão Numb3rs e The Good Wife.

Publicidade