Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Tom Cruise topa novo ‘Top Gun’ – desde que sem efeito especial

Efeitos especiais têm vivido momento de impopularidade em Hollywood

Por Da Redação 27 jul 2015, 10h31

Não é apenas ao altar que Tom Cruise pode voltar nos próximos meses. O ator de 53 anos também pode retornar ao cockpit de um caça de Top-Gun, um dos filmes que pavimentaram a sua carreira nos anos 1980. Mas há uma condição, como certamente haverá para a noiva — no caso, a de ela pertencer à Cientologia, a bizarra religião seguida por Cruise. Em entrevista para promover o novo Missão Impossível, que estreia por aqui no mês que vem, o ator disse ao site americano Extra TV que só participará de um novo Top-Gun se o filme abrir mão do CGI, isto é, da computação gráfica.

LEIA TAMBÉM:

Tom Cruise estaria noivo da assistente 30 anos mais nova

Documentário sobre Cientologia revela que Tom Cruise grampeou Nicole Kidman

Tom Cruise: ‘Não esperava divórcio de Katie Holmes’

Continua após a publicidade

Tom Cruise voa em teaser de ‘Missão Impossível 5’

A declaração de Tom Cruise vem ao encontro de um movimento crescente em Hollywood, onde efeitos especiais têm perdido força — o próximo Star Wars, que retoma a franquia a partir de dezembro, já é aplaudido por isso. Também condiz com o perfil de Cruise, que dispensa dublês e prefere fazer ele mesmo cenas complicadas de ação nos longas da franquia Missão Impossível.

“Eu adoraria voar naqueles caças de novo, mas tem de ser avião de verdade, nada de CGI”, disse o ator. “Estou dizendo: sem CGI, rola. Se o Departamento de Defesa autorizar o uso dos caças, vai ser muito divertido.”

Há de fato um projeto para retomar a história de 1986, que colocaria os drones como personagens — a trama giraria em torno do embate entre aviões tripulados e não-tripulados. O filme seria feito em 3D. O primeiro Top Gun foi dirigido por Tony Scott, cineasta morto em 2012.

(Da redação)

Continua após a publicidade
Publicidade