Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Tom Cruise conversa com a Nasa para rodar filme no espaço

Projeto do astro de 'Missão Impossível' conta ainda com a ajuda do bilionário da tecnologia Elon Musk

Por Eduardo F. Filho Atualizado em 6 Maio 2020, 15h32 - Publicado em 6 Maio 2020, 15h23

Elogiado por diretores por fazer cenas de ação sem dublê, Tom Cruise quer elevar o patamar de suas aventuras: o ator está conversando com a Nasa para gravar um filme na Agência Espacial Americana. Sim, no espaço. Caso os planos deem certo, este será o primeiro filme de ficção da história a ser feito fora do planeta. A direção da Nasa, quem diria, está animada com a ideia. O diretor da agência espacial do governo americano, Jim Bridenstine, escreveu sobre o projeto no Twitter. 

“A Nasa está feliz em trabalhar com Tom Cruise em um filme na Agência Espacial. Precisamos de mídias populares para inspirar novas gerações de engenheiros e cientistas, que vão transformar os ambiciosos planos da Nasa em realidade.”

 

A aventura espacial ainda conta com o bilionário fora da caixinha Elon Musk.

ASSINE VEJA

Moro fala a VEJA: ‘Não sou mentiroso’ Em entrevista exclusiva, ex-ministro diz que apresentará provas no STF das acusações contra Bolsonaro. E mais: a pandemia nas favelas e o médico brasileiro na linha de frente contra o coronavírus. Leia nesta edição.
Clique e Assine

Aos 57 anos, Cruise continua em busca de novidades. Mesmo se aproximando dos 60 anos de idade, o ator se aventura em cenas absurdas. Em uma deles, ficou pendurado para fora de um avião, em outra escalou o arranha-céu Burj Khalifa em Dubai, o edifício mais alto do mundo.

  • A crise causada pelo coronavírus, que já tinha paralisado em fevereiro as filmagens de Missão: Impossível 7 e 8 – rodados ao mesmo tempo como parte de uma única história – teve no final de abril seu desdobramento oficial: ambos foram adiados. A sétima parte estava prevista para estrear em 21 de julho de 2021 e foi remarcada para 19 de novembro do mesmo ano. A oitava parte deve chegar aos cinemas em 4 de novembro de 2022.

    Continua após a publicidade
    Publicidade